A apresentadora Ana Maria Braga começou o “Mais Você” desta segunda-feira (2) muito comovida com a morte de Tom Veiga e disse que ele era como um “filho”, intérprete do Louro José, que foi encontrado morto em casa, no Rio, neste domingo (1º). O ator tinha 47 anos e durante o programa Ana Maria Braga chorou ao fazer homenagem a Tom.

Ela disse que sempre tiveram uma boa amizade neste vinte anos que trabalharam juntos. “Hoje eu não estou perdendo só o Tom, eu estou perdendo o Tom, um grande amigo, né? Um menino que a gente nunca discutiu, nunca brigou. E com ele foi junto o meu filho, que eu sempre considerei assim o Louro e o Tom”, diz Ana chorando.

A apresentadora disse ainda, que foi difícil chegar ao programa hoje e não encontrá-lo mais ali e que ela assim como uma mãe perde um filho, ela perdeu Veiga.

“Eu fiquei pensando como eu ia conseguir chegar aqui e falar bom dia para vocês, porque dói muito. Assim como uma mãe perde um filho, um companheiro, porque filho da gente é um companheiro que você viu nascer e ele era isso”, continua.

“Por mais que minha produção e a direção da casa estivesse preocupada comigo hoje, aqui, eu não poderia deixar de estar aqui, moída por dentro, e deixar todos os que amam o Louro sem essa última homenagem”, diz Ana Maria.

A apresentadora sobre como o companheiro de trabalho era querido pela equipe e por todos que foram ao programa. “Todos adoravam o Tom”, afirmou.

A apresentadora disse que, em 21 anos de trabalho juntos, eles nunca se desentenderam.

“A gente era confidente um do outro, contava coisas que a gente não contava com ninguém”, contou.

Apesar de chorar, Ana Maria falou que não era transformar o programa em um momento triste e que o choro era de alegria por ter conhecido e convivido com Tom.

Tom se dividia entre Rio de Janeiro e de São Paulo para gravar o programa, depois que o “Mais Você” voltou para a capital paulista em outubro.

A apresentadora lembrou do último programa que fizeram juntos na sexta (30), e que ele deveria estar com ela em São Paulo nesta segunda (2).