Brasil – Condenado a 30 anos pelo assassinato da filha Isabella, Alexandre Nardoni deve retornar ao regime semiaberto após o STJ (Superior Tribunal de Justiça) lhe conceder um habeas corpus. Ele havia perdido o benefício em agosto após um recurso do MP (Ministério Público) pedir que ele fosse submetido a um teste psicológico. Na decisão, publicada dia 30 e divulgada hoje, o ministro Ribeiro Dantas afirma que Alexandre tem o direito de continuar em regime semiaberto, conquistado em abril deste ano, por apresentar “bom comportamento carcerário, ausência de faltas disciplinares e o fato de ter sido favorável o exame psiquiátrico.”

Fonte: Uol