Seis pessoas foram encontradas mortas nesta quarta-feira (22) em um apartamento no centro de Santiago, capital do Chile. Os bombeiros suspeitam de vazamento de gás. Todos os turistas eram brasileiros.

O edifício onde ocorreram as mortes fica na esquina das ruas Santo Domingo e Mosqueto, no centro de Santiago. As autoridades ainda não sabem o que causou o vazamento nem por quanto tempo as vítimas respiraram o gás.

A notícia foi divulgada pelo portal G1 que informou ter procurado o Consulado do Brasil em Santiago para maiores esclarecimentos, e recebeu o retorno de que um posicionamento sobre o caso deve ser dado pelo Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: G1