Relator entrega voto ao presidente do Conselho de Ética, que acusa Cunha de nova manobra - Portal CM7
 
Manaus, 11 de dezembro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Relator entrega voto ao presidente do Conselho de Ética, que acusa Cunha de nova manobra

Relator entrega voto ao presidente do Conselho de Ética, que acusa Cunha de nova manobra

Da redação | 31/05/2016 12:30

BRASÍLIA – O presidente do Conselho de Ética da Câmara, José Carlos Araújo (PR-BA), foi notificado nesta terça-feira, por um funcionário da Corregedoria da Casa, de cinco representações contra ele no órgão. Ele é acusado de compra de votos e uso de laranja para compra de imóvel. Depois de ser notificado, Araújo recebeu das mãos do relator do processo contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deputado Marcos Rogério (DEM-RO), o relatório e o voto do caso. O documento vai pedir a cassação do mandato do peemedebista, mas não irá incluir a acusação de que Cunha teria recebido propina do esquema de corrupção da Petrobras. O presidente do Conselho marcou para esta quarta-feira, às 14h, reunião do conselho para a leitura do voto.

O presidente do Conselho de Ética terá até a próxima terça-feira para entregar a defesa à Corregedoria. A Mesa Diretora terá que se reunir para aprovar ou não parecer do corregedor, que poderá recomendar a abertura de processo no conselho.

Araújo fez questão de assinar a notificação que recebeu da Corregedoria em reunião do conselho, negou as acusações e disse que elas são apresentadas por adversários políticos dele na Bahia. Ele vê por trás, do ato mais uma manobra de aliados do presidente da Câmara afastado para tirá-lo da presidência do Conselho.

— Se a Mesa entender que as acusações são válidas, terei que me afastar do conselho por estar sendo investigado. Não vim aqui para cassar Eduardo Cunha, mas para cumprir minha obrigação. É mais uma manobra para me tirar da presidência — disse Araujo, negando as acusações feitas contra ele.

{{post.date}}

 


Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA