Presos transmitem ao vivo rebelião em penitenciária de Goiás

Por jornalista10 em 20 de fevereiro de 2021 às 14:36 | Atualizado 20 de fevereiro de 2021 às 14:36

Presos do Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia, o maior presídio de Goiás, transmitiram ao vivo pelas redes sociais um princípio de motim no início da tarde desta sexta-feira (19).

Mais de dez mil pessoas acompanharam a movimentação. Os detentos ainda gravaram áudios e também fizeram e postaram vídeos. “A gente não tem sabonete pra tomar banho, a gente não tem escova de dente pra escovar”, afirmavam os presos.

sÀs 17h30, a situação estava controlada. Três detentos sofreram ferimentos leves. Não há registro de mortes, de acordo com a Diretoria -Geral de Administração Penitenciária.

Ainda não se sabe a causa do motim na Ala A da penitenciária, onde estão 450 detentos. O motim começou na hora do almoço, durante o banho de sol. O Gope (Grupo de OPerações Penitenciárias Especiais) foi acionado, e negociou com os presos, que se renderam.

No fim da tade, familiares dos presos, usando máscaras, se aglomeravam do lado de fora do prédio, em busca de informações.

Deixe seu comentário