Polícia Federal realiza operação contra pedofilia em 14 estados

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (25) a segunda fase da Operação Glasnost, que investiga exploração sexual de menores e o compartilhamento de pornografia infantil na internet. Os agentes cumprem mandados em 51 cidades, de 14 estados brasileiros.

O delegado da PF Flávio Augusto Palma Setti disse em entrevista coletiva na manhã desta terça que 30 pessoas foram presas até as 10h20, sendo 27 flagrantes e três preventivas. Entre os detidos estão pais que abusavam das suas filhas, um homem de 80 anos, professores, médicos, estudantes, entre outros. Pelo menos 15 vítimas já foram identificadas.

A investigação da PF se utilizou de um site russo que reúne pedófilos do mundo todo, como cita o “G1”. Foram identificados centenas de usuários, brasileiros e estrangeiros, que compartilharam pornografia infantil na internet, além de abusadores sexuais e produtores de pornografia infantil.

Como explica a publicação, os suspeitos faziam vídeo e fotos de crianças e adolescentes, incluindo bebês com meses de vida, sendo abusados sexualmente por adultos e enviavam o conteúdo a contatos em diversos países, incluindo o Brasil.

As ordens judiciais estão sendo cumpridas no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Piauí, Pará e Sergipe. Foram expedidos três mandados de prisão preventiva, 72 de busca e apreensão e dois de condução coercitiva.

A primeira fase da operação foi realizada em novembro de 2013, quando foram cumpridos 80 mandados de busca e prisão e realizadas 30 prisões em flagrante por posse de pornografia infantil.

Com informações- Notícias ao Minuto

ver mais notícias