São Paulo – Rodolfo Aparecido de Souza, de 37 anos foi preso preventivamente pela Polícia Civil de São Paulo na última quinta-feira (10). Ele é acusado por uma série de estupros contra esposas de colegas de trabalho e a polícia ainda tenta descobrir através de testes de DNA se o suspeito teria feito outras vítimas.

Segundo o delegado Cláudio Messias Alves, o maníaco conhecia bem a rotina das vítimas e sabia que o marido estava trabalhando durante a madrugada na mesma usina e aproveitava esse horário e, seguia para a casa dos colegas de trabalho e cometia o roubo seguido de estupro. 

Uma das vítimas relatou em depoimento que foi estuprada enquanto segurava o filho de seis meses no colo. O suspeito  já tem passagem pela polícia por estupro e foi encaminhado ao sistema prisional após os procedimentos cabíveis.

Fonte: Metrópoles