PF indicia marqueteiro de Lula e Dilma e outros sete após apurações da ‘Operação Acarajé’ - Portal CM7
 
Manaus, 16 de dezembro 26 ºC Tempo nublado
Mercado financeiro
DólarR$ 3,308 -0,85%
EuroR$ 3,8734 -1,7%
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / PF indicia marqueteiro de Lula e Dilma e outros sete após apurações da ‘Operação Acarajé’

PF indicia marqueteiro de Lula e Dilma e outros sete após apurações da ‘Operação Acarajé’

Da redação | 23/03/2016 12:20

CURITIBA – A Polícia Federal (PF) indiciou o marqueteiro João Santana, a mulher dele, Mônica Moura, e outras seis pessoas na Operação Lava-Jato. Em um relatório parcial da investigação, entregue na noite de terça-feira à Justiça Federal, a PF atribuiu ao casal de publicitários os crimes de lavagem de dinheiro, manutenção de dinheiro no exterior não-declarado, corrupção passiva e organização criminosa.

Também foram indiciados Zwi, Bruno e Eloisa Skornici, que teriam atuado como operadores, ajudando o casal Santana a ocultar dinheiro no exterior, além dos ex-funcionários da Petrobras Renato Duque, Pedro Barusco e Armando Tripodi.

Os sete são investigados no inquérito da 23ª fase da Operação Lava-Jato, denominada “Acarajé”. O casal está preso desde o dia 23 de fevereiro, na Superintendência da PF, em Curitiba.

O Ministério Público Federal (MPF) analisará o indiciamento e decidirá se oferece ou não a denúncia. Se houver denúncia, será encaminhada ao juiz federal Sérgio Moro.

João Santana é suspeito de receber US$ 7,5 milhões em contas no exterior entre 2012 e 2014. Os valores teriam sido pagos pela offshore Klienfeld, identificada pela força-tarefa da Operação Lava-Jato como um dos caminhos de propina da Odebrecht no exterior, e pelo engenheiro Zwi Skornicki, suspeito de operar o esquema de propina na Petrobras. A suspeita é de que os pagamentos correspondem a serviços eleitorais prestados ao PT.

{{post.date}}

 


Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA