Operação da PM deixa 13 bandidos mortos em morros - Imagens Fortes - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 21:10
23 de Maio de 2019



Operação da PM deixa 13 bandidos mortos em morros – Imagens Fortes


Rio de Janeiro – Uma operação dos batalhões de Operações Especiais (BOPE) e de Choque (BPChq) da Polícia Militar, nos morros da Coroa, Fallet e Fogueteiro e dos Prazeres, em Santa Teresa e no Catumbi, no Centro da cidade, nesta sexta-feira, deixou, ao menos, 13 mortos.

A Secretaria municipal de Saúde confirmou todos os homens foram levados para o Hospital municipal Souza Aguiar e já deram entrada na unidade sem vida. De acordo com policiais militares que participam da ação, a operação foi motivada pela guerra entre facções rivais que controlam o tráfico na região.

No início da semana, criminosos do Comando Vermelho, que domina as bocas de fumo nas favelas Fallet, Fogueteiro e Prazeres invadiram o Morro da Coroa, ocupado anteriormente pelo Terceiro Comando Puro (TCP). Nos últimos dois dias, houve confrontos entre os criminosos dos dois grupos.

Armas que teriam sido apreendidas com suspeitos são apresentadas pela PM
Armas que teriam sido apreendidas com suspeitos são apresentadas pela PM Foto: Reprodução

De acordo com a PM, dez dos mortos foram baleados por policiais do Batalhão de Choque no Fallet. Segundo nota enviada pela corporação, os agentes “foram recebidos a tiros e houve confronto. Após cessarem os disparos, dez criminosos feridos foram encontrados em vias da comunidade e foram socorridos”. Com eles, ainda de acordo com a PM, foram apreendidos dois fuzis, nove pistolas e cinco granadas.

O Disque Denúncia afirma que as apreensões foram feitas a partir de uma informação anônima passada para a PM de que “traficantes que estariam escondidos em uma casa na Rua Eliseu Visconti”.

Parentes das vítimas confirmam que os mortos tinham envolvimento com o tráfico. No entanto, eles dão outra versão para as mortes: dizem que parte dos baleados estava escondida dentro de uma casa na Rua Eliseu Visconti. De acordo com os parentes, eles estavam fugindo dos policiais.

— Ninguém merece ser morto. Se nossos filhos foram executados, os policiais têm que pagar. A polícia tem que prender, e não matar quem está rendido — disse a mãe de um dos mortos.

Carro do Bope no Hospital Souza Aguiar
Carro do Bope no Hospital Souza Aguiar Foto: Saulo Pereira Guimarães / Agência O Globo

A mãe de dois mortos afirma que seus filhos foram mortos dentro de casa, enquanto dormiam. Eline Vicente da Silva, conhecida como Mariana, mora no Fallet. Na manhã desta sexta, ela foi ao Prezunic da Barão de Itapiru e deixou os filhos Maicon (17 anos) e David (22 anos) em casa dormindo. Os moradores da favela alegam que ambos tinham envolvimento com o crime. Mas a mãe acredita que os dois foram mortos dormindo.

— Tinham sono pesado — conta a mãe.

Já outros três mortos foram levados até o hospital por policiais do Bope, que apreenderam um fuzil e duas pistolas no Morro dos Prazeres. Parentes de um dos mortos alegam que o jovem havia entrado no tráfico recentemente por problemas financeiros.

A Delegacia de Homicídios (DH) investiga o caso e já fez perícia no local.

Apreensões do Choque nos Prazeres

Imagens Fortes

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA