Brasil – A Secretaria-Geral da Presidência informou nesta quarta-feira (4) que o presidente Jair Bolsonaro prorrogou a presença de tropas das Forças Armadas na Amazônia.

O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicado no “Diário Oficial da União” desta quinta (5) e define que as tropas permanecerão na região até 30 de abril do ano que vem.

Os militares estão na Amazônia Legal, por meio da Operação Verde Brasil, desde maio. O governo decidiu enviar tropas para a região a fim de fazer ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais. A operação é direcionada ao combate ao desmatamento ilegal e a focos de incêndio.

O decreto de GLO previa que a operação acabaria em junho. Mas o prazo foi estendido para julho e, depois, para novembro.

Na semana passada, o vice-presidente Hamilton Mourão, que comanda o Conselho Nacional da Amazônia Legal, afirmou que o governo federal iria prorrogar novamente a presença das Forças Armadas na Amazônia.

Segundo Mourão, foram alocados R$ 400 milhões para a operação e ainda há R$ 180 milhões. “Nós estamos com recurso, e o recurso é suficiente para chegar até abril”, declarou o vice-presidente na ocasião.

O vice-presidente iniciou nesta quarta-feira uma viagem pela Amazônia com embaixadores de outros países a fim de mostrar a situação da região.

Fonte: G1