A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, 6, a Operação Cravada, para desarticular o núcleo financeiro da facção Primeiro Comando da Capital (PCC), responsável por recolher e gerenciar o dinheiro usado em ações criminosas nos estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Acre, Roraima, Pernambuco e Minas Gerais.

Cerca de 180 policiais federais cumprem 55 mandados de busca e apreensão, 30 mandados de prisão, expedidos pela Vara Criminal de Piraquara (PR). Dos 30 mandados de prisão, 8 serão cumpridos em presídios, sendo três em São Paulo, um no Mato Grosso do Sul e quatro no Paraná.

A investigação começou em fevereiro a partir de informações sobre a existência de um núcleo financeiro instalado na Penitenciária Estadual de Piraquara. Verificou-se que o núcleo é responsável por recolher e gerenciar as contribuições para a facção criminosa em âmbito nacional.

Fonte Veja