Brasil – Uma nova moda nas redes sociais tem instigado os adolescentes e preocupado os pais: o desafio do sal. Ele consiste em se gravar enchendo a boca de sal e mostrando a reação (que é de cuspir). A brincadeira de mal gosto pode trazer prejuízos imediatos à saúde de quem participa.

“Quando o consumo ocorre de maneira aguda (muito sal em um curto espaço de tempo) ocorre a hipernatremia hipervolêmica, porque a concentração de sódio no organismo fica muito grande, aumentando a pressão arterial e podendo sobrecarregar o sistema cardiorrespiratório”, afirma Ronaldo Gismondi, vice-presidente do Departamento de Hipertensão da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro.

Consumir muito sal de uma hora para a outra pode também pode causar tonturas, desidratação, vômitos, aumenta o risco de coma e pode e até ser fatal.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o consumo diário de sal (de cozinha) deve ser de 5 gramas, o que equivale a uma colher de chá rasa. Tudo o que ultrapassa este limite traz riscos para a saúde.

“Cronicamente, o consumo alto de sal está associado a maior risco a hipertensão arterial, que aumenta o risco de derrame e doença renal crônica”, alerta Patricia Santos, professora de nutrição do Centro Universitário IBMR.

Os pais devem ficar atentos ao que os filhos veem ou fazem na internet. Caso eles tenham participado do desafio, é indicado levá-los para um pronto socorro.

O que acontece com o corpo

Desequilíbrio

Ingerir uma grande quantidade de sal promove um desequilíbrio osmótico dentro do corpo, pois o sódio faz com que as moléculas de água sejam retiradas de dentro das células

Pressão arterial

Por causa da grande quantidade de água retirada das células do corpo, o sangue aumenta de volume, aumentando a pressão arterial dentro dos vasos sanguíneos, que por sua vez, diminuem de tamanho por perderem água

Problemas renais

São os rins os responsáveis por eliminarem o excesso de sal do nosso organismo. Sempre que há uma grande quantidade, eles ficam sobrecarregados e podem sofrer lesões

Alterações neurológicas

O sal é muito importante para as funções neurológicas, ele possibilita que os impulsos nervosos sejam recebidos pelos músculos e sejam executados. Mas o excesso de sal impacta nesta função e pode provocar confusão, excitabilidade neuromuscular, convulsões ou coma

Na alimentação

O alto consumo de sal na alimentação, ao longo dos anos, pode causa problemas semelhantes aos causados pelo consumo agudo. Por isso, é importante substituir o sal por temperos naturais, evitar o consumo de alimentos industrializados e não colocar o saleiro sobre a mesa durante as refeições

Fonte: Extra