Brasil – Cerca de 300 detentos tentaram fugir na noite desta segunda-feira, 2, da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá). De acordo com as informações, a fuga foi “tramada” no raio III na unidade prisional, por membros de uma facção criminosa.

A tentativa de fuga foi descoberta após denúncias anônimas de que detentos do raio III começariam um tumulto para chamar atenção dos agentes. Diante das informações, foi montada a ‘Operação Alcatraz’ por equipes dos agentes penitenciários, policiais do Setor de Inteligência da Polícia Civil, Força Tática/e Inteligência da Polícia Militar.

Em posse das informações, os agentes penitenciários encontraram na cela 35 do Raio III uma grade serrada que dava acesso a um buraco, que passava pela cela 36 e 37, todas com grades cerradas também.

Já na cela 09 do Raio III havia um buraco que também interligava com outras celas. Na vistoria, os agentes encontraram outras celas com as grades serradas. Caso tivesse acesso aos buracos, aproximadamente 300 detentos teriam conseguido fugir da penitenciária.

Diante do caso, os presos do Raio III estão isolados. A estrutura destruída pelos presos será reconstruída e reforçada para evitar novas tentativas de fuga.

Fonte: Folha Max