Lula diz que há tentativa de evitar sua volta à Presidência - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas

Adsense Responsivo

Lula diz que há tentativa de evitar sua volta à Presidência

Postado por - 11/04/2016 11:50    

SÃO PAULO. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em entrevista ao jornalista americano Gleen Greenwald, que o impeachment é “um golpe político”, que existe uma “criminalização do PT” e uma tentativa de evitar uma nova candidatura sua à Presidência do Brasil.

Comentando sobre as acusações de corrupção contra o PT e o processo de impeachment contra Dilma, Lula disse:

“Não estou dizendo que o PT não tem culpa, não. E se o PT tiver culpa tem que pagar como qualquer outro partido. O PT não é imune. O que eu estou dizendo é que neste momento…neste momento histórico, o que existe é a tentativa de criminalizar o PT, de tirar a Dilma e de tentar evitar qualquer possibilidade do Lula voltar a ser candidato a presidente neste país”.

Antes, Lula havia falado que, em sua visão, o impeachment é um “golpe político” e que a presidente Dilma Rousseff não cometeu nenhum crime de responsabilidade.

Lula teceu duras críticas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que, para ele, “não tem responsabilidade, nem congressual, nem na sociedade”, para levar adiante o processo de impeachment.

“O Congresso Nacional poderia se respeitar, sabe, levando em conta que não existem condições políticas de fazer o julgamento da Dilma tal como eles estão fazendo”, disse Lula.

Greenwald tornou-se conhecido no Brasil quando, enquanto colaborava para o jornal inglês “The Guardian”, recebeu dados sobre a espionagem americana em vários países do mundo, revelados por Edward Snowden, em 2013.

A entrevista com Lula foi publicada no novo site do jornalista, The Intercept. Na introdução da entrevista, Gleenwald, escreveu que Lula “nega veementemente todas as acusações contra ele e se considera uma ‘vítima’ da classe plutocrática ainda poderosa no Brasil e de seus órgãos midiáticos, que moldam a opinião pública”, comentou o jornalista.

Sobre a Lava-Jato, Lula ressaltou que foi o governo do PT que possibilitou que todas as investigações ocorressem, devido a uma maior autotomia de instituições como o Ministério Público e a Polícia Federal.

Como aspecto positivo da Lava-Jato, Lula cita o fato de que, “pela primeira vez, rico esteja sendo preso. Porque aqui no Brasil prendia-se um pobre porque roubava pão, mas não prendia-se um rico que roubava 1 bilhão. Prendia-se um pobre porque roubava remédio, mas não prendia um cidadão rico que sonegava imposto de renda”.

Como negativo, o ex-presidente disse que se faz “todo santo dia” a mesma pergunta: “será que para você fazer o processo de investigação que você está fazendo é preciso fazer disso um Big Brother, é preciso fazer disso um espetáculo de pirotecnia todo santo dia?”.

Lula disse achar “esquisito” um “processo de vazamento seletivo das notícias normalmente contra o PT”.

Com duras críticas à cobertura da mídia brasileira, o ex-presidente falou, diversas vezes, sobre a “tentativa de criminalizar o PT” — se se defendeu de qualquer acusação no âmbito da Lava-Jato e das investigações sobre o tríplex no Guarujá.

“Veja, eu estou vendo as coisas acontecerem, estou vendo as mentiras que são contadas, eu estou vendo as invenções que estão fazendo contra o Lula, sabe, inventaram um apartamento para mim, alguém vai ter que me dar aquele apartamento”, disse Lula, que declarou ainda: “eu duvido que tenha um empresário, amigo ou inimigo, que diga que um dia discutiu 10 centavos comigo”.

Sobre as delações, pôs dúvidas sobre as delações do senador Delcídio do Amaral, que claramente, segundo Lula, escapou porque “queria escapar da cadeia” e disse que os empresários também delatam para “se livrar da prisão tentando jogar a culpa do crime em cima de alguém”.

“Qualquer dia, alguém pode citar que você, sabe, foi beneficiado com a doação de uma empresa. O que eu acho fantástico e hilariante é que as empresas têm dois cofres. Um cofre de dinheiro honesto e um cofre de dinheiro corrupto. O cofre de dinheiro honesto é para o PSDB, para o PMDB e para outros partidos. O cofre de dinheiro podre é para o PT. É no mínimo insanidade mental acreditar nisso”, disse Lula.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias
 
Aplicativo da Rádio CM7