Brasil – Na última quinta-feira (08), uma mulher não identificada resolveu registrar o momento em que uma idosa com aproximadamente 70, capinava a frente de uma casa de repouso (Lar El-Shaday), enquanto duas funcionárias apenas monitoravam tudo. O fato teria ocorrido na rua José de Assunção, nº70 (Colubandê), no Rio de Janeiro.

Nas imagens é possível vê a idosa sendo observada por uma funcionária que quando questionada, chama imediatamente uma segunda pessoas, que afirma que o ato trata-se de um tratamento: “Um tipo de terapia”, disse a mulher.

Mesmo após o fato ter sido levado para as autoridades policiais nada pode ser feito, pois segundo eles – Polícia Militar – as pessoas envolvidas não são familiares, impedindo portanto a ação.

Desesperada por algum tipo de justiça, a denunciante resolveu buscar as redes sociais: “Em virtude do descaso e da falta de apoio oficial, a internet foi o único recurso presente no momento, com exposição no Facebook. Dessa forma talvez as devidas providências sejam tomadas e a justiça seja feita. Não que a internet seja o melhor local, mas nenhum idoso pode ser maltratado”, desabafou a mulher.