Rio de Janeiro – Familiares do motoboy Daniel Jean Rocha Claudino, de 20 anos, denunciam que a ex-namorada do jovem o incendiou, causando queimados de segundo e terceiro grau em 55% do corpo dele.
 
O ataque aconteceu na manhã da última quarta-feira em frente à casa do rapaz, no Cachambi, na Zona Norte do Rio.
 
De acordo com parentes, a mulher não aceitava o fim do relacionamento, de cerca de três anos. No dia do crime, Daniel estava consertando sua moto, quando ela se aproximou, jogou gasolina em cima dele e ateou fogo. 
 
“Ele começou a pegar fogo na rua, estava só de bermuda e o short ficou na rua. Pegaram um lençol para abafar o fogo e o socorreram”, conta a tia de Daniel, a artesã Andrea dos Santos Rocha, 49.
 
Inicialmente, o jovem foi levado ao Hospital Salgado Filho, no Méier, onde deu entrada em estado grave. Ele passou por uma cirurgia, ficando lá até o domingo, quando a família conseguiu através da Justiça a transferência dele para o Hospital Souza Aguiar, no Centro.
 
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o motoboy está com o quadro de saúde estável.