Campinas – Eduardo Gomes da Silva participava de um culto na igreja da Assembleia de Deus Ministério Belém do Pará, na rua Rafael Sampaio, quando viu um casal dentro de um carro durante o temporal em Campinas. O corretor de imóveis de 36 anos morreu na noite deste sábado (18) após tentar ajudar o casal durante o temporal e ser arrastado pela enxurrada em uma rua na região da Avenida Orosimbo Maia, em Campinas (SP).

Eduardo deixou a igreja e foi ajudá-los, mas escorregou com a correnteza e foi levado até ficar preso embaixo de um ônibus.

O homem ficou preso por cerca de 10 minutos. Depois que foi retirado, ele recebeu atendimento por colegas da igreja que são técnicos em enfermagem. Os amigos encaminharam a vítima ao hospital. De acordo com o hospital, ele deu entrada às 20h30 no Pronto-Socorro.

“Ele era um cara que me ajudava muito. Onde a gente ia, se tinha alguém precisando, ele ajudava. Ele abria mão dele mesmo para ajudar. A gente sente muito porque ele era muito querido por todos, muito querido dentro da nossa igreja, dentro da comunidade dele”, contou um amigo, que conhecia Eduardo há 7 anos.

Foto: Rodrigo Villalba

Com informações do G1