Rio de Janeiro – Na tarde de quinta-feira (02), a arquiteta Thayane Nunes da Silva Santos, 28 anos, foi encontrada morta por asfixiamento. O fato ocorreu no prédio em que morava em Campo Grande (RJ).

De acordo com informações do jornal Extra, o marido, apontado como principal suspeito, foi preso em Angra dos Reis após sofrer um acidente de carro.

Segundo a prima da vítima, uma briga entre o casal despertou a suspeita sobre o homem, que segundo a testemunha informou a polícia do 40°Batalhão da Polícia Militar (Campo Grande) , mas ao chegar no local a equipe encontrou o corpo da arquiteta já sem vida.