São Paulo – Uma jovem, de 18 anos, grávida de sete meses, foi brutalmente espancada e perdeu o bebê, em Hortolândia, no interior de São Paulo. O principal suspeito da agressão é o namorado da vítima.

A garota estava morando com a irmã na cidade interiorana após ter saído do Paraná. Ela teria sido agredida na última quinta-feira (31) e teve o pulmão perfurado e os braços quebrados. 

Dias após o ocorrido, nesta segunda-feira (04), a jovem foi levada ao hospital e precisou passar por um parto de urgência, pois os médicos constataram que o bebê que ela esperava, estava morto dentro da barriga dela. 

Para a família, ela mentiu dizendo ter sido espancada por um grupo de mulheres no meio da rua e que, entre elas, estava a ex-namorada do seu atual companheiro. Porém, a mãe desconfiou da história e foi até a casa da jovem para conversar com a filha, que acabou relatando o que realmente aconteceu. 

Segundo a mãe da garota, o homem a trancou no banheiro e ela ficou durante toda a noite trancada com ele, sofrendo agressões. 

Ela não sabe o que motivou a violência, mas disse que há dois meses também teria sido agredida pelo suspeito. Na época, ela tentou convencer a filha a voltar para o Paraná, mas ela não aceitou e seguiu com o relacionamento.

Fonte: Primeiro Impacto