Família interrompe velório após acreditar que homem morto estava vivo; Veja vídeo

Nesta quarta-feira (9), familiares de Neimar Bonetti, 44, interromperam o velório dele após acharem que o corpo “ainda estava quente”. Ao chamarem um médico, foi identificado batimentos cardíacos, mesmo ele tendo morrido na noite de terça-feira. Caso aconteceu em Santa Helena, interior do Paraná.

O corpo do homem chegou a ser encaminhado para uma emergência, onde foi feita uma nova avaliação e a morte foi confirmada. Moradores da cidade chegaram a pensar que houvesse ocorrido um milagre.

Em um vídeo publicado na web, o homem aparece dentro do caixão, enquanto um oxímetro (aparelho usado para medir a frequência cardíaca) em seu dedo mostra a presença dos batimentos.

Veja:

Neimar teve que ser levado ao hospital para saber se estava vivo ou não. Um eletrocardiograma foi feito, um exame clínico e foi avaliado por outros dois médicos que constataram a morte.

“Normalmente, o coração depois do óbito ainda emite uma atividade elétrica por algum período. Eu fui acionado junto com uma enfermeira e levei um oxímetro que constatou o pulso, mas precisei levar para o hospital para confirmar. A gente entende a família, mas o que eu fiz foi só tranquilizá-los. Se estivesse vivo, nós tomaríamos as providências, mas realmente ele estava em óbito”, explicou um dos médicos.

ver mais notícias