Meningite - Topo Postagem

Facções criminosas promovem 'onda' de violência e vários são ônibus incendiados, em Rio Branco

Após a onda de violência ocorrida na noite do sábado (5) e manhã deste domingo (6), o horário do transporte coletivo em Rio Branco foi reduzido em duas horas na noite do domingo por questão de segurança. Os ônibus rodaram até as 22h deste domingo. Normalmente, os veículos trafegam até a meia-noite. O serviço chegou a ser paralisado temporariamente até a chegada da escolta policial para que os veículos voltassem a circular na cidade no sábado.

De sábado (5) até às 9h34 deste domingo (6) quatro ônibus foram incendiados segundo o Corpo de Bombeiros. Um dia antes da onda de violência em Rio Branco e interior do Acre, 22 presos foram remanejados para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) no Presídio Antônio Amaro. Até a tarde deste domingo haviam sido registrados três homicídios em Rio Branco.

A Secretaria de Segurança Pública (Sesp-AC) convocou mais 400 homens para reforçar o policiamento nas ruas de Rio Branco, além dos 150 que normalmente atuam no trabalho. Houve a convocação de bombeiros, militares do Exército, policiais militares e civis, além de alunos que estão na fase de finalização do curso da PM.

A Sesp-AC informou que 26 pessoas chegaram a ser presas após os ataques. Ao todo, 13 foram presos em Rio Branco, três em Feijó e dez em Brasileia, interior do Acre.

Com informações- G1

ver mais notícias