Brasil- Em discurso hoje pela manhã, o comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, ressaltou a soberania da Amazônia brasileira e afirmou que os soldados estão atentos a qualquer tipo de ameaça que possa surgir. A mensagem, conhecida como Ordem do Dia, foi lida em evento no Quartel-General do Exército, em Brasília, em comemoração ao Dia do Soldado. A solenidade contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o vice Hamilton Mourão (PRTB) e ministros.

Em discurso de cerca de seis minutos, Bolsonaro afirmou que a missão de desenvolver e defender a Amazônia é “árdua” e reforçou que o Brasil, que está “sob nova direção”, vai “dar certo”. “Não nos faltam inimigos como os de sempre, que teimam em ganhar a guerra da informação contra a verdade”, falou. O presidente ainda defendeu a importância da família, religião e da liberdade de imprensa. Em seguida, fez um afago à mídia dizendo que continuará defendendo sua liberdade a qualquer custo e criticou indiretamente os governos do PT.