Mato Grosso – Uma mulher não identificada aparece no vídeo completamente transtornada. Surpreendentemente o motivo para confusão se deu de acordo com quem estava no local, porque a mulher  percebeu que o funcionário era homossexual. O fato ocorreu em uma agência de turismo de Cuiabá, em Mato Grosso.

A mulher grita que por ela ser “serva de Deus”, o funcionário deveria morrer, e tenta cometer o ato usando uma barra de ferro.

Foto: Reprodução

Tudo foi filmado e divulgado na internet, várias pessoas se pronunciaram expressando seu repúdio.

Nas imagens, é possível ver a mulher afirmando que acima dela “só Deus”. Recheado de comentário homofóbicos, a gravação foi feita por pessoas que passavam pelo local, acompanhando o rapaz agredido. Eles estavam em uma rodoviária, em frente ao local de trabalho da vítima.

O homem tentou escapar da criminosa e entrou na loja em que trabalhava. Porém, a agressora foi atrás dele e usou um ferro, que delimitava a fila de atendimento, para espancá-lo.

Fonte: Metrópole

Tags: , , ,