A preocupação da tal Pastoral Carcerária, ala esquerdista da Igreja Católica é única e exclusivamente com quem está dentro da prisão pelo cometimento de algum crime.
Pelo visto, nenhuma preocupação com que está aqui fora, com a sociedade vitima permanente da criminalidade.

A Pastoral Carcerária Nacional em ‘carta aberta’ à população exige medidas concretas, como o desencarceramento de pessoas presas, para evitar uma epidemia do novo coronavírus nas prisões brasileiras.