Santa Catarina – Segunda-feira (13) o diretor-geral da Secretaria de Saúde, Rodrigo Cesari, viajará para Manaus (AM), onde vai conhecer um protocolo diferente para pacientes que precisam de respiração artificial, para que, em breve, seja implantado em Brusque.

“Este protocolo que eles seguem no Hospital Samel fez muito sucesso por ser menos invasiva e muito mais eficaz. Os pacientes que precisam de ventilação utilizam a cápsula Vanessa, menos agressiva”, explica Cesari.

A cápsula Vanessa é uma estrutura protetora que atua como uma espécie de barreira de proteção para o corpo médico. Consiste em uma armação leve e resistente formada por canos de PVC, tornando a estrutura leve, podendo ser movimentada e retirada por qualquer pessoa. A cabine é revestida por uma película de vinil transparente que dá visibilidade ao paciente e auxilia na contenção do contágio, conta com aberturas em zíper para oferecer janelas de contato entre paciente e corpo médico.

“Conversamos com o doutor Eugênio José Paiva Maciel, chefe de UTI do Hospital Azambuja, e ele concordou em fazer um teste no hospital Azambuja para que possamos implantar aqui. Inclusive já vamos trazer uma cápsula para adotar o protocolo ainda na semana que vem”, detalha.

“Seremos um dos primeiros no estado de Santa Catarina a adotar este protocolo e utilizar a cápsula. Será um ganho para nosso município e nossa região, finaliza Cesari.

Fonte: Portal da Cidade