São Paulo – A sessão que iniciou a votação da Reforma da Previdência na Assembleia Legislativa de São Paulo, na noite desta quarta-feira (4), foi suspensa pouco depois de ser aberta após bate-boca dos deputados.
 
A confusão começou quando o deputado Arthur do Val (sem partido) começou a ter sua fala impedida por parlamentares do PT. O presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), chegou a interromper a sessão diversas vezes para pedir silêncio no plenário, mas decidiu suspender a sessão depois da tentativa de agressão contra Arthur.
 
Em determinado momento, o deputado Teonilio Barba (PT) tentou subir na tribuna para agredir o deputado Artur, mas foi contido por outros parlamentas. O presidente da Alesp teve de chamar a polícia para conter o deputado petista.
 
Veja vídeo