Cunha rejeita pedido de Cardozo para falar no plenário no domingo - Portal CM7

Adsense Responsivo

Cunha rejeita pedido de Cardozo para falar no plenário no domingo

15 de abril de 2016 0 por

BRASÍLIA – O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), rejeitou nesta sexta-feira o pedido do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, de fazer a defesa da presidente Dilma Rousseff no plenário, neste domingo, quando ocorrerá a votação no plenário da Casa para definir ou não a abertura do processo de impeachment. No requerimento encaminhado por Cardozo a Cunha, o ministro pede para falar “em momento imediatamente anterior à votação no Plenário da Câmara dos Deputados”.

– Estou seguindo o rito que foi determinado pelo STF do presidente Collor. Não há, depois que o relator fala, a (possibilidade da) defesa falar. Na comissão, foi permitido que ocorresse. Foi uma liberalidade. O que a defesa falou na comissão especial foi tempo superior aos que acusaram multiplicado por dois. Aqui (no plenário) é diferente. Não há previsão – disse Cunha.

Cunha argumentou que não há previsão legal para que isso ocorra e que está seguindo o mesmo rito da votação do processo de impeachment contra Fernando Collor de Mello, em 1992, para evitar contestações.