A estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, foi iluminada, na noite desta quarta-feira (19), com os mapas dos continentes e as bandeiras de países que tiveram confirmados casos do novo coronavírus (COVID-19).

Mais de 150 nações já foram afetadas pela pandemia, que até o momento teve mais de 210 mil pessoas diagnosticadas em todo o mundo e mais de 8 mil mortes.

Segundo a Igreja Católica, a iluminação especial representa uma iniciativa para enviar apoio e esperança ao mundo. Para marcar a ocasião, o arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Dom Orani Tempesta, e o reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo, rezaram o Pai Nosso

Como medida de precaução para evitar aglomerações de pessoas, o público não teve acesso ao monumento.