Mato Grosso – Uma criança de dois anos, filha de uma mulher identificada como Sonia, de 24 anos, foi encontrada morta no forno de um fogão que se encontrava jogado no pátio de residência, localizada na cidade paraguaia de Bella Vista Norte, na fronteira com Bela Vista no Estado de Mato Grosso do Sul.

O fato foi registrado na tarde da última quarta-feira (30), onde investigadores da Divisão de Investigações de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai se fizeram presentes. Com o apoio do promotor de justiça e do médico legista, realizaram os procedimentos de rigor e encaminharam o corpo da criança ao IML para uma inspeção detalhada.

Durante os procedimentos, ficou evidenciado que a criança havia sido estuprada e posteriormente executada por asfixia via compressão mecânica, constatada pelas lesões na via aérea principal. Tal situação colocou em suspeita a mãe e uma vizinha, onde teria deixado a criança para ir ao trabalho e ao voltar já não a encontrou mais.

Foram realizadas buscas, as quais encontraram a criança morta, no forno do fogão. O caso foi comunicado aos investigadores da Divisão de Homicídios e investigadores da Polícia Técnica, que recolheram evidências a fim de identificar o autor do brutal assassinato.

 O caso revoltou os moradores da região de fronteira que cobraram das autoridades a elucidação do caso de forma imediata e que o autor seja preso o mais rápido possível, a fim de que outras crianças não fiquem em perigo.