São Paulo – Nesta quarta-feira (22), um vídeo enviado para nossa equipe de reportagem mostra o momento em que uma jovem com deficiência auditiva é brutalmente espancada. O fato ocorreu dentro da residência da vítima em Bauru, estado de São Paulo.

O vídeo gerou revolta não somente por se tratar de um homem visivelmente mais forte que a jovem, mas também por ser alguém com dificuldades para pedir socorro, já que a mulher é deficiente auditiva.

Uma vizinha ouviu os ruídos e gravou toda a ação ligando para polícia e apresentando as provas contra o agressor. Mas ainda que a vontade da mulher fosse reunir provas contra o bárbaro, dividiu opinião de quem assistiu o ato.

O homem foi preso e a vítima já está sob os cuidados de seus familiares.