Brasil – A morte de dois cães policiais de um quartel no interior do Acre está causando comoção no estado. Os pastores belga Malinois Hulk, de 1 ano e 8 meses, e Logan, de 5 meses, morreram quase ao mesmo tempo, na tarde dessa terça (21), no 7º Batalhão da PM-AC, em Tarauacá.

“Hulk e Logan não são os heróis das histórias em quadrinhos. São aqueles nossos heróis de quatro patas e da vida real, que vieram a óbito e deixaram em luto a Polícia Militar do Acre e toda a comunidade da cidade de Tarauacá”, escreveu a instituição em postagem no Facebook.

Os cães eram treinados para farejar drogas e armas de fogo e há uma histórico de enfrentamento entre as autoridades locais e traficantes que escoam drogas pela BR-364.

Uma investigação foi aberta para apurar a suspeita de envenenamento dos animais, que atuaram em várias apreensões nos últimos meses, segundo a corporação.

Uma página local publicou vídeo que mostra um dos animais agonizando. As imagens são fortes, principalmente por causa do choro do policial que era responsável pelos bichos:

Fonte: Metrópoles