Brasil – O cabo do Corpo de Bombeiros Tiago Alves da Silva, de 33 anos morreu neste fim de semana enquanto praticava ciclismo com amigos na ponte sobre o Rio Madeira, em Porto Velho.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros da capital, ainda não há laudo conclusivo que aponta a causa da morte. De acordo com testemunhas, que pedalavam junto com a vítima, um caminhão passou muito perto do militar, mas não se sabe precisar se houve ou não a colisão. Porém o bombeiro se desequilibrou e caiu.
A corporação informou preliminarmente que a vítima sofreu hemorragia interna e veio a óbito no local.

Ele era casado e servia no grupamento especializado de busca e salvamento.

Com informações do G1 e Rondoniagora.