Brasília – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (15/05) que o Ministério da Saúde deve alterar o protocolo sobre o uso da hidroxicloroquina para pacientes com o novo coronavírus. Bolsonaro foi abordado por um apoiador, na porta do Palácio da Alvorada, que disse ter sido infectado com a Covid-19 e se curado com o uso do medicamento.

“O protocolo deve ser mudado hoje [sexta-feira] porque o Conselho Federal de Medicina disse que pode ser usado desde os primeiros sintomas”, comentou Bolsonaro.

O presidente do CFM, Mauro Luiz Britto Ribeiro, disse no dia 23 de abril, após reunião com o chefe do Executivo, que a entidade autoriza, mas não recomenda o uso do composto como tratamento para o novo coronavírus.

“Não é uma recomendação. O Conselho Federal de Medicina não recomenda o uso da hidroxicloroquina, o que nós estamos fazendo é dando ao médico brasileiro o direito de, junto a seu paciente, em decisão compartilhada com seu paciente, utilizar o medicamento. Nós estamos autorizando, não é uma recomendação, isso é muito importante ficar bem claro”, enfatizou o presidente da entidade.

Tags: , ,