Uma família do litoral paulista foi destruída de forma abrupta nos últimos três meses. Silvio Dias Novaes, 60 anos, morreu nessa sexta-feira (17/7) após sofrer um infarto. O óbito ocorre 90 dias depois de ele perder a esposa e o filho, vítimas de Covid-19. 

O filho de Silvio morreu no dia 12 de abril, em decorrência do novo coronavírus. A mulher do despachante, também com Covid-19, não resistiu 15 dias depois. Desde então, o homem, que já havia sofrido AVC e perdido os movimentos, sofria com o luto familiar.

De acordo com a filha, Maria Carolina da Silva Novaes, de 39 anos, ele chorava todas as noites e ficou em depressão após as perdas. Assim como os familiares, ela contraiu Covid-19 ao acompanhar o pai no hospital.