Aos 116 anos, morre a pessoa mais velha do Brasil e da América Latina

Por Letícia Souza em 10 de outubro de 2021 às 19:16 | Atualizado 10 de outubro de 2021 às 19:16

Brasil – Morreu, na última terça-feira (5), mulher que, prestes a completar 117 anos, ostentava o título de pessoa mais velha da América Latina. A cearense Francisca Celsa dos Santos foi reconhecida como tal pelo Guiness World Records pouco antes de falecer, segundo contou sua neta Fernanda ao jornal Diário do Nordeste.

Ela era a terceira pessoa mais idosa do mundo. Em 2020, essa informação foi validada pelo Gerontology Research Group (GRG), dos Estados Unidos.

Dona Francisca faria aniversário em 22 de outubro, mas não resistiu a uma pneumonia. “A gente preservou tanto ela [do coronavírus], mas estava tendo a construção de um supermercado em frente à casa dela e, por conta dessa poeira, ela pegou uma pneumonia. Ela melhorava e piorava, mas infelizmente ontem Deus a levou”, declarou Fernanda à publicação.

Natural da cidade de Cascavel, a idosa morreu na casa onde morava, em Fortaleza. Ela teve falência múltipla de órgãos.

* Com informações da Revista Galileu

Deixe seu comentário