Brasil – A apresentadora Xuxa Meneghel revelou uma história curiosa de como “descobriu” o que era sexo.

No depoimento, concedido para a revista Vogue, a loira começa explicando como era a sua infância. Filha de militar, ela mostra como foi a vida caçula de cinco irmãos.

“Quando pequena, eu adorava correr atrás dos meninos e quando eles paravam ficava sem saber o que fazer. Tinha uns três “guris” que eu dizia que eram meus namorados – mas eles não sabiam que eram. Eu tinha uns quatro, cinco anos, sonhava em ser veterinária e não queria me casar. Dizia a todos que iria ser mãe de uma menina sem casamento. Por que? Não sei! Coisa de criança, acho”.

Na segunda parte do texto, Xuxa cita a mudança de casa e revela a situação que a fez pensar que estivesse grávida. “Até meus 11 anos, eu pensava que se beijasse na boca de língua ficaria grávida. Pois é. Meu irmão tinha dois amigos, Gringo e Dunga e dos oito aos 11 éramos só amigos. Mas depois vieram as reuniões dançantes, hi-fi no playground, a música tocava na rádio-vitrola e nós dançávamos música lenta.

Eu dançava com os dois, mas o Dunga era maior e eu curtia mais. Aí foi fácil gostar dele. Nós nos beijávamos fechando bem a boca, era só lábio com lábio. Até que um dia, minha língua saiu e encostou na dele (ou em seus lábios)”.

Depois, ela continua o texto citando uma conversa que teve com a mãe, que se mostrou aliviada após a filha explicar o motivo de pensar na gravidez. A história, segundo Xuxa, foi contada para “dizer que, mesmo tendo essa iniciação sexual meio conturbada e errada, mesmo um dia não querendo mais me apaixonar e me casar de novo, hoje eu penso em viver e morrer do lado do meu Ju [Junno Andrade, namorado da apresentadora].

Fonte Uol