Brasil – Nesta última quarta-feira (28), A Polícia Civil do Maranhão informou que um homem suspeito de assassinar um morador de rua em maio, na capital São Luís, foi localizado e preso na terça-feira (27). Dono de um restaurante, ele foi flagrado em imagens, divulgadas também nesta quarta-feira pela polícia, dirigindo uma Hilux com o morador de rua amarrado e sendo arrastado pelo asfalto por 1 quilômetro.

Além do empresário, que não teve o nome revelado, a polícia prendeu o vigilante do restaurante, cuja identidade também é desconhecida.

A motivação para o assassinato seria o fato de o morador de rua, identificado como Carlos Alberto Santos, supostamente ter furtado marmitas do restaurante.

As imagens divulgadas pela polícia são fortes. Nelas, é possível observar que o dono do restaurante tortura o homem ao arrastá-lo pelas ruas de maneira fria. Ele, inclusive, para o carro em um determinado momento para pegar água com o vigilante, bebe tranquilamente e segue com o crime. Além de arrastar Santos pelo asfalto, o empresário deu marcha-a-ré e passou com o veículo por cima do morador de rua.

“O corpo foi encontrado bastante machucado e com sinais de que foi arrastado. As imagens falam por si, o rapaz estava sofrendo, se debatendo e o motorista, com muita frieza, tranquilamente bebe água, e segue com o corpo por um percurso de um quilômetro. É um crime bárbaro com requinte de crueldade”, disse o delegado Felipe César Mendonça, que acompanha o caso.

O empresário teria confessado o crime informalmente a policiais mas, ao ser questionado no inquérito, preferiu ficar em silêncio. Ele agora vai responder pelos crimes de tortura e homicídio.

Fonte: Revista Forum.