Alunos do SENAI Amazonas representam o Brasil em competição internacional - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 21:32
26 de Maio de 2019



Alunos do SENAI Amazonas representam o Brasil em competição internacional


Manaus – Cotados entre os melhores alunos de educação profissional do Brasil, na ocupação mecatrônica, os estudantes Matheus Oliveira, 21, e Nádia Martins, 19, são os representantes do País e do SENAI Nacional na Worldskills Américas 2019, que começa nesta terça-feira, 26, em São Paulo (SP). Os dois são ex-alunos dos cursos técnicos de mecatrônica e automação da Escola SENAI Antônio Simões e treinam desde o ano passado para participar de competições representando o Estado.

A competição que vai até o dia 1º de março, acontece na empresa Festo Brasil e terá na disputa com os amazonenses, alunos da Colômbia, Guatemala, El Salvador, Peru e Equador. A Worldskills Américas é o momento em que escolas técnicas profissionais dos países das Américas do Norte, do Sul e Central, colocam à prova o processo de formação técnica dos jovens nas modalidades propostas para a competição: mecatrônica, torneamento CNC, fresagem CNC e soldagem, todas voltadas para o perfil de formação dos cursos técnicos.

“A gente tem como característica principal o desenvolvimento de competências profissionais para o mundo do trabalho. Quando se fala em competências profissionais está se falando de competências básicas, de técnicas, tecnologia e competências de gestão, que formam na sua plenitude o profissional para atuar no mercado, que cada vez mais exige a capacidade de transferência de aprendizado, capacidade de inovação e de resolver problemas”, diz José Nabir, gerente da Escola SENAI Antônio Simões.

Nabir explica que a Worldskills se concentra exatamente na resolução de problemas reais do mundo do trabalho, onde são apresentadas situações em que os jovens precisam utilizar a infraestrutura  disponibilizada para a prova do ponto de vista de tecnologia e, a partir daí, resolver os problemas dentro de uma métrica envolvendo menor tempo, maior qualidade, e considerando questões de custos e qualidade do trabalho.

O processo de participação dos alunos do SENAI Amazonas para representar o Brasil começou numa seletiva nacional para a Worldskills Kazan 2019. A dupla local conquistou a medalha de bronze na competição realizada em Fortaleza (CE), em agosto, e foi convocada este mês de fevereiro pelo Departamento Nacional do SENAI para representar o Brasil na Worldskills Américas.

“Essa competição nada mais é do que o desfecho de uma ação que vem acontecendo na Escola SENAI Antônio Simões há alguns anos. Hoje, o Matheus e a Nadia estão desenvolvendo e participando junto com os representantes dos outros países na ocupação mecatrônica mostrando o que foi desenvolvido dentro do ambiente escolar durante esses anos todos que estiveram aqui como alunos dos cursos técnicos de automação e mecatrônica”, explica Nabir.

Nas provas, realizadas ao longo desta semana, os jovens são apresentados a projetos que precisam ser desenvolvidos dentro de um período de tempo previamente estipulado. “Na prova, recebemos o projeto sobre o que nós temos que fazer e todos os requisitos que temos que cumprir. É com base no modelo do projeto que viemos treinando todo esse tempo que se baseia a competição de mecatrônica”, contou a aluna Nadia Martins.

O aluno Matheus Oliveira se diz confiante ao participar da competição em São Paulo (SP). “Estamos aqui para concretizar um processo iniciado na fase estadual, que passou pela seletiva nacional, e agora chega à competição internacional. Treinamos bastante para atingir o nível desejado na competição e faremos o nosso melhor”, ressaltou Oliveira.

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA