'Piratas do rio' são presos após denúncias de ribeirinhos, no Amazonas

Uma dupla conhecida como “piratas do rio” foram detidos pelo 5° Batalhão de Polícia Militar de Coari, interior do Amazonas, por praticarem crimes em comunidades rurais localizadas no Rio Solimões. Com os criminosos, foram encontradas 4 espingardas e 102 munições.

Dilsomar Gomes Moraes, 44, conhecido como ‘Dilson’, e Wurgecirley Peres, de 18, conhecido como ‘Careca’, foram denunciados por ribeirinhos que alegaram que a dupla realizava roubos no Rio Solimões, nas Comunidades Camará, Murituba e Lauro Sodré, localizadas no município de Coari.

A denúncia também contava que o ‘Careca’ era parceiro de crime de ‘Dilson’, e além de também fazer vários furtos de embarcação tipo voadeira, ele estava guardando em sua casa, na Comunidade São Livramento, uma embarcação e parte de um armamento que pertenceria a uma quadrilha que praticava roubos no rio comandada por Marinildo, o ‘Pixó’, que morava próximo à comunidade.

A voadeira roubada foi encontrada a 50 metros da casa do ‘Careca’. Na casa de ‘Dilson’, foram encontradas 2 gandolas. Os dois criminosos foram conduzidos à Delegacia de Coari e permanecem à disposição da Justiça. Foram realizadas buscas por ‘Pixó’, o chefe da quadrilha que já teve pedido de prisão preventiva, mas não foi possível encontrá-lo.

ver mais notícias