Programa Saúde na Escola realiza workshop sobre alimentação saudável e prevenção à obesidade - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas


Programa Saúde na Escola realiza workshop sobre alimentação saudável e prevenção à obesidade

Postado por Marcus Barros - 10/09/2018 15:04    

Foto: Divulgação

Saúde – Com foco nas ações de promoção da alimentação adequada e nutricional e de prevenção à obesidade no contexto escolar, a Prefeitura de Manaus, em parceria com o Fundo das Nações Unidas (Unicef), irá realizar o Workshop “Direito à Alimentação Saudável e Nutricional com educandos de 12 a 17 anos”. O evento, pactuado no Programa Saúde na Escola (PSE), será nesta quarta-feira, 12/9, de 8h às 11h, na Escola Municipal Senador Fábio Pereira Lucena Bittencourt, na rua 3, 122, Nova Esperança.

Coordenado pelas secretarias municipais de Saúde (Semsa) e de Educação (Semed), o fortalecimento de ações na perspectiva do desenvolvimento integral busca proporcionar à comunidade escolar a participação em programas e projetos que articulem saúde e educação, visando o enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças, adolescentes, jovens e adultos. “Essa iniciativa reconhece e acolhe as ações de integração entre Saúde e Educação já existentes e que têm impactado positivamente na qualidade de vida dos educandos, na faixa etária específica”, observa a chefe do setor do Programa Saúde na Escola (PSE), Giane de Sena.

O tema “Direito à alimentação Saudável e nutricional” engloba os requisitos básicos para a promoção e proteção da saúde, pois possibilita a realização plena do potencial de crescimento e desenvolvimento humano com qualidade de vida e cidadania. A promoção de práticas alimentares adequadas e saudáveis está inserida no contexto da adoção de modos de vida saudáveis, sendo componente importante na promoção da saúde e qualidade de vida.

Em 20 anos, as prevalências de obesidade em crianças entre 5 a 9 anos foram multiplicadas por quatro entre os meninos (4,1% para 16,6%) e por, praticamente, cinco entre as meninas (2,4% para 11,8%). Em crianças beneficiárias do Programa Bolsa Família menores de 5 anos e de 5 a 9 anos, o excesso de peso alcançou em 2015, 17,23% e 28,34% respectivamente, segundo dados do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan), com base no acompanhamento das condicionalidades de saúde do Programa Bolsa Família (PBF).

Nos adolescentes, após quatro décadas de aumento gradual nas prevalências, em torno de 20% apresentaram excesso de peso e recentemente, um estudo mostrou que 8,4% dos adolescentes foram classificados como obesos. Em adultos, o excesso de peso e a obesidade atingiram 56,9% e 20,8% da população em 2013, respectivamente (Brasil, 2015).

Nessa perspectiva, o Departamento de Atenção Primária por meio do Programa Saúde na Escola, Núcleo de Saúde do Adolescente e Ações de Saúde Nutricional, trabalha em parceria com o Unicef e Plataforma dos Centros Urbanos PCU), como uma estratégia de ação. A meta é estimular o enfrentamento da redução das desigualdades, reconhecendo e valorizando as diferenças que compõem um centro urbano, assegurando que todas e cada uma das crianças e dos adolescentes, tenham seus direitos garantidos, desenvolvendo práticas exitosas com temáticas com foco na alimentação saudável e nutricional voltadas para a população de adolescentes, promovendo a participação social e o protagonismo juvenil no âmbito escolar.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias
 
Aplicativo da Rádio CM7