Brasil – A nova moda entre as famosas é tomar sol usando biquíni adesivo, feito de fita isolante, fita crepe ou esparadrapo. O que os dermatologistas acham disso?

Simone, da dupla Simone e Simaria e Anitta já aderiram a novidade. Foto: Reprodução/Instagram

 

Você viu essa? A nova moda entre as famosas é tomar sol usando biquíni adesivo, feito de fita isolante, fita crepe ou esparadrapo.

Na busca por um “bronzeado perfeito”, muitas mulheres estão recorrendo a esse método para que a marquinha fique bem uniforme na pele, mesmo com o corpo em movimento.

Celebridades como Anitta, Simone, da dupla Simone e Simaria e Bruna Marquezine  já aderiram à tendência. A febre é tanta que até algumas empresas já estão vendendo adesivos cortados no formato de biquíni tanto na parte de cima quanto na de baixo, para quem quer se bronzear.

Foto: Reprodução

Alguns espaços também oferecem o tratamento completo para o bronzeado, com direito a parafina ativadora e suco de beterraba com cenoura ou suco ativador da melanina. Os valores alternam de estabelecimento para estabelecimento.

Dai Macedo, Miss Bumbum 2013, também é adepta – foto: reprodução

Mas fica a dúvida: será que não existe contraindicação? A dermatologista Michele Haikal nos explica que o uso desses materiais sob a pele e em exposição ao sol não são nada indicados e pode levar à morte.

“O uso desses adesivos, fitas isolantes e esparadrapos podem facilmente causar dermatite de contato alérgica (que já é muito comum com esparadrapo branco e pior ainda com fita isolante ou outros adesivos) ou ainda dermatite de contato irritativa primária por microtraumas na hora de retirar”, revela.

Segundo a profissional, os esparadrapos e adesivos estão entre as causas mais frequentes de dermatite de contato alérgica, então certamente não vai ser raro quem apresentar esse tipo de problema.

Fonte: Tua saúde