As unhas de gel, com certeza, são grandes aliadas à beleza da mulher, porém, se o uso for constante e não houver uma pausa entre um processo e outro, as unhas podem acabar danificadas. Além disso, remoções incorretas e usos de produtos duvidosos também ajudam a danificar as unhas. Para não ter problemas, ou, saber identificá-los, confira nossa lista. 

Unha de gel danificada 

A maioria dos problemas das unhas de gel são relacionadas com remoção incorreta, usar ferramentas inadequadas e mal uso da técnica. Por isso, se puder, é recomendado sempre procurar um profissional para retirar as unhas de gel. 

Se ocorrer uma emergência, o recomendado é com ajuda de um alicate de unha retirar a camada em gel danificada (com muito cuidado) e depois colocar um algodão com uma solução removedora por cima dos resíduos por cerca de cinco a dez minutos, se precisar mergulhe a unha em água morna para retirar o resto do gel com muito cuidado para não retirar camadas da unha natural. 

Unhas naturais danificadas 

Se por acaso o processo de retirada danificar as unhas naturais, o recomendado é esperar a recuperação total, que pode levar alguns meses. Nesse período pode-se usar soluções fortalecidas com vitaminas e evitar usar esmalte ou base. 

Unhas quebradiças sempre que retirar as unhas de gel 

Isso acontece se não der uma pausa entre o processo e outro, o gel não deixa a unha respirar. Por isso é importante fortalecê-las e hidratar com ajuda de produtos específicos e de qualidade. 

Problemas na pele das mãos 

O processo de secamento das unhas de gel envolvem usar uma cabine com luz UV, é preciso estar atenta em limitar o tempo de exposição a no máximo dez minutos e usar luvas protetoras. A luz UV acumula na pele e pode causar problemas a longo prazo e até risco de desenvolver um câncer de pele, portanto deve-se tomar muito cuidado. 

Apesar de o risco ser pequeno, um câncer muito comum na pele das mãos e ao redor das unhas chama-se carcinoma espinocelular, é causado pela exposição excessiva de raios ultravioletas. 

Além das luvas recomenda-se passar um protetor solar à prova d’água nas mãos antes de fazer as unhas de gel também. 

Uso de acetona 

A acetona resseca as unhas e pode ajudar a danificá-las, existem alguns removedores que causam menos danos e são fortalecidos com vitaminas. Dê preferência a eles. 

Produtos de má qualidade 

 Se ao retirar as unhas de gel e elas ficarem amareladas é sinal de que o produto é de má qualidade, o gel não costuma deixar este efeito nas unhas naturais. 

 Fungos nas unhas 

 Se a técnica for aplicada corretamente com produtos de qualidade, ferramentas de manicure esterilizados e asseio no manuseio os fungos não aparecem. Os fungos podem aparecer ao deixar espaços entre a unha natural e a de gel causando acúmulo de umidade entre as camadas. 

Mesmo com a técnica aplicada corretamente e sem espaços entre as camadas, recomenda-se sempre que tomar banho ou lavar a louça secar muito bem as mãos e unhas, algumas mulheres usam secadores de cabelo com jato frio, é um bom truque para mantê-las sem umidade. 

Se for passar uma temporada na praia e tiver que entrar no mar e piscina não é recomendado usar unhas de gel, use esse tempo para dar um descanso para as unhas naturais. 

Unhas de gel que descolam 

Esse problema costuma ser frequente se a aplicação for mal feita, a unha de gel não deve descolar das unhas. Antes de aplicar o gel a manicure deve retirar o brilho da unha com lima e certificar de fazer a limpeza corretamente e isso inclui uso de escova e uma solução especial. 

Além disso no processo de remoção de saliências e brilho não deve-se lixar excessivamente, mas apenas o suficiente, exagerar nesta etapa pode deixar as unhas enfraquecidas e isso pode dificultar a adesão das unhas de gel.

O gel não pode ser aplicado muito perto da cutícula ou exagerar na quantidade nessa região, além disso a ponta da unha deve ser selada. 

Uma das causas para a unha de gel levantar ou descolar é o uso excessivo de primer, assim como a falta dele. Antes de ir ao salão deve-se evitar mexer com água também. 

Na hora de colar os tips eles devem ser bem colocados e não ter bolhas de ar, para isso o tamanho do tip deve ser milimetricamente perfeito para o tamanho de sua unha. 

Todos esses problemas podem ser evitados com cuidados pontuais, não é mesmo? Se este artigo foi útil para você, não deixe de compartilhar!