Seleção Brasileira feminina de futebol chega a Manaus para jogo na Arena da Amazônia

Por Letícia Souza em 22 de novembro de 2021 às 17:07 | Atualizado 22 de novembro de 2021 às 17:07

Manaus – A Seleção Brasileira feminina de futebol começou a desembarcar, na manhã desta segunda-feira (22), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, zona oeste de Manaus. As Guerreiras do Brasil participam, de 25 de novembro a 1º de dezembro, do Torneio Internacional de Futebol Feminino na Arena da Amazônia Vivaldo Lima. Os duelos são contra as seleções da Índia, Venezuela e Chile.

A delegação brasileira participa do torneio na capital amazonense com 23 atletas, com destaque para a meia Formiga, do São Paulo, que se despede da “amarelinha” após a expressiva marca de 233 jogos pela seleção; e para a atacante Marta, do Orlando Pride, dos Estados Unidos. Tanto Marta quanto a técnica Pia Sundhage chegam a Manaus em outros voos, ainda nesta segunda-feira.

Durante o desembarque, a atacante Bruninha falou sobre o legado de Formiga para o grupo, que no ano que vem disputa a Copa América. Esta é a terceira convocação da defensora do Santos

“Para nós, atletas mais novas, que estamos chegando agora, eu com a minha terceira convocação, estar presentes na despedida dela vai ser algo muito importante. A gente já vê essas atletas mais velhas, mais experientes e que já têm uma trajetória no futebol feminino de uma maneira, com olhares que brilham, porque foram atletas que fizeram com que a gente sonhasse e acreditasse no nosso sonho”, disse Bruninha.

Sobre a participação no Torneio Internacional de Futebol Feminino, ela adiantou que as expectativas são as melhores possíveis.

“Estamos com um grupo que vem mudando muito, até por conta da nova geração, mas um grupo muito forte, que está na mesma página. Todo mundo querendo os mesmos objetivos, temos grandes competições pela frente e a gente pretende se preparar da melhor maneira possível daqui para frente, nesses dias em que estaremos juntas. Isso vai ser muito bom, não tenho dúvidas de que traremos grandes resultados com a camisa da Seleção Brasileira”, acrescentou.

Este será o último compromisso da Seleção Brasileira feminina em 2021. O Brasil estreia no Torneio Internacional diante da Índia, no dia 25 de novembro. Na sequência, a “canarinho” enfrenta a Venezuela, no dia 28, e encerra sua participação diante do Chile, no dia 1º de dezembro.

A participação no Torneio Internacional de Futebol Feminino marca também o retorno da defensora Antonia, do Madrid CFF, da Espanha, ao Amazonas. Há dois anos, ela defendeu as cores da equipe do Iranduba.

“Estou muito feliz de poder retornar aqui e, se Deus quiser, eu quero encontrar esse estádio totalmente lotado. A gente vem trabalhando bem firme e a gente se prepara esperando esse momento, então a preparação é das melhores possíveis”, afirmou Antonia.

Assim como Bruninha, a atleta rasgou elogios a Formiga. “Acho que a Formiga exige muitas palavras, porque a história que ela tem dentro do futebol feminino é muito grande, inclusive é a minha idade de história que ela tem. Então ela representa muita coisa dentro da gente”.

Para Antonia, Formiga deixa uma marca na trajetória da Seleção e na vivência das atletas com quem compartilhou tantos jogos.

“Vai deixar um legado bem bonito e ela merece tudo isso, todo o reconhecimento, porque é uma excelente jogadora. Eu me inspiro muito nela, na luta que ela tem dentro do futebol feminino, ela merece isso aí e espero que a torcida amazonense lote para ser um momento bem especial, tanto para ela quanto para gente”, concluiu.

* Com informações da assessoria

Deixe seu comentário