Presidente do COI diz que Jogos vão unir os brasileiros - Portal CM7
 
Manaus, 13 de dezembro 28 ºC Tempestades
Mercado financeiro
DólarR$ 3.3159-0.37%
EuroR$ 3.91460.81%
 
 
Home / Esportes / Presidente do COI diz que Jogos vão unir os brasileiros

Presidente do COI diz que Jogos vão unir os brasileiros

Da redação | 02/05/2016 14:50

LAUSANNE – Depois de percorrer a Grécia e a Suíça, a chama olímpica fez nesta segunda-feira a sua última parada, em Lausanne, antes de seguir para o Brasil, país que sediará a primeira edição sul-americana dos Jogos Olímpicos. Após uma cerimônia na sede do Comitê Olímpico Internacional (COI), o presidente da entidade, Thomas Bach, disse não estar preocupado com a situação política no Brasil, cuja presidente Dilma Rousseff enfrenta um pedido de impeachment, e afirmou que o importante é que todos os brasileiros estão apoiando os Jogos.

– É claro que estamos acompanhando a situação política. Estamos em uma fase operacional dos Jogos, então não é mais tão política. O que conta, por outro lado, é o grande apoio que os Jogos Olímpicos têm da população. Estamos vendo que em toda essa disputa política das últimas semanas, há um projeto que une todos os brasileiros e todas as partes políticas. Esse projeto é as Olimpíadas. É por isso que não há razão para nos preocuparmos. Qualquer que seja a opinião política, há apoio aos Jogos. Os brasileiros estão apoiando esses Jogos Olímpicos – disse Bach.

Na semana passada, o presidente do COI havia dito, durante a cerimônia de acendimento da tocha, em Atenas, na Grécia, que o Brasil vivia “um momento difícil”, mas que era preciso paz e união.

Thomas Bach também não demonstrou qualquer preocupação com eventuais protestos durante o revezamento da tocha olímpica no Brasil. Para o dirigente, os brasileiros vão respeitar a “dignidade da chama olímpica”.

– Há uma liberdade de opinião e de expressão. Estou confiante de que os brasileiros vão respeitar a dignidade da chama olímpica e o que ela representa: tolerância. Pelo grande apoio dos brasileiros aos Jogos Olímpicos, acredito que os grupos políticos vão respeitar a chama, se não seria contra produtivo para seus esforços. Eles devem expressar suas opiniões de uma maneira livre, mas não devem tentar fazer dos Jogos parte da disputa política no país – afirmou o presidente do COI, também se dizendo confiante com a finalização das obras olímpicas.

– Estamos totalmente confiantes na preparação do Rio de Janeiro. Teremos uma grande celebração e faremos uma grande Olimpíada juntos. Será uma Olimpíada solar, não apenas pelo tempo, mas também, e o mais importante é que seja uma Olimpiada solar pelos corações – afirmou.

NUZMAN RESSALTA APOIO DO POVO

Já o presidente do do Comitê Olímpico do Brasil (COB), e do Comitê Organizador dos Jogos do Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman, também ressaltou o apoio da população brasileira aos Jogos. Nuzman esteve em Lausanne para a cerimônia no COI e disse ser uma “alegria muito grande” iniciar a caminhada da tocha até o Brasil.

– Vamos poder oferecer a 12 mil carregadores da tocha um momento de enorme felicidade para unir o Brasil em torno dos Jogos Olímpicos – disse Nuzman, afirmando serem altos os índices de popularidade dos Jogos no Brasil.

– Os índices que temos estão na faixa de 75%, que é superior a outros Jogos. A chegada da chama e da tocha certamente vai trazer um interesse maior, porque a população começa a vivenciar não só notícias, mas também as emoções daqueles que participam, que vão contar suas histórias – disse Nuzman.

{{post.date}}

 


Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA