Pistorius caminha sem as próteses e chora em tribunal - Portal CM7

Adsense Responsivo

Pistorius caminha sem as próteses e chora em tribunal

15 de junho de 2016 0 por

Oscar Pistorius apareceu pela primeira vez em público sem as próteses nas pernas durante o julgamento que determinará a pena do campeão paralímpico pela morte da namorada Reeva Steenkamp. Pistorius caminhou pelo tribunal em Pretória, na África do Sul, sem as próteses para simular a noite em que matou a namorada. De acordo com a defesa do atleta, o objetivo era mostrar ao juiz que o sul-africano estava muito vulnerável para ter matado a modelo intencionalmente. Após caminhar pelo tribunal, Pistorius chorou.

O atleta não estava usando as suas próteses na noite em que atirou em Reeva e arrombou a porta do banheiro onde ela estava.

Pistorius já foi considerado culpado pelo crime. O tribunal agora vai determinar qual será o seu tempo de prisão. Ele pode ser condenado a uma pena mínima de 15 anos, pois a condenação por homicídio foi aumentada depois de uma apelação.

ACERVO O GLOBO: Ascensão e queda de Pistorius

ACERVO O GLOBO: Heróis do esporte que cairam do Olimpo

Em setembro de 2014, o atleta havia sido condenado a cinco anos por homicídio culposo. Sua defesa argumentava que Pistorius havia disparado de forma instintiva contra o banheiro de casa ao achar que um bandido a estava invadindo e, então, atingindo sua namorada.

Em dezembro do ano passado, no entanto, os promotores do caso apelaram contra a sentença original. A revisão do juiz responsável determinou que o atleta deveria ser condenado por homicídio doloso, pois deveria ter consciência do risco que havia ao disparar uma arma contra uma porta fechada. O julgamento desta semana determinará a pena final de Pistorius.

Hoje com 29 anos, Pistorius conquistou seis medalhas de ouro em Jogos Paralímpicos. Ele disputou os Jogos de Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012. Nos Jogos da Inglaterra, o sul-africano conhecido pelo apelido de “Blade Runner” foi campeão nos 400m (categoria T44), no revezamento 4x100m (categorias T42-T46) e foi prata nos 200m (categoria T-44).