Vasco diz que fez acordo para pagar FGTS de Wagner e vai à Justiça após rescisão - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas

Adsense Responsivo

Vasco diz que fez acordo para pagar FGTS de Wagner e vai à Justiça após rescisão

Postado por Marcus Barros - 11/09/2018 16:51    

Futebol – A decisão da Justiça Trabalhista de conceder a rescisão contratual ao meia Wagner não deve ser o último capítulo do imbróglio. Na tarde desta terça-feira, o Vasco divulgou nota oficial para afirmar que vai recorrer da decisão e que também fez acordo com a Caixa para o pagamento de FGTS.

Wagner alegou justamente atrasos em seus vencimentos e ainda uma proposta do clube Al Khor, do Catar, para pedir a rescisão de seu contrato em tutela de urgência – já que a janela de transferências no país árabe fecha no dia 13 de setembro. O pedido foi aceito pela Justiça na última segunda.

A decisão é do juiz Lucas Furiati Camargo, da 44ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, que determinou a rescisão do contrato antes do mérito do pedido do jogador ser julgado.

Segundo, o Vasco, porém, há um acordo com a Caixa, firmado no dia 30 de agosto, que está sendo cumprido para o “pagamento parcelamento do Fundo de Garantia (FGTS) de todos os funcionários”.

“O clube firmou acordo com a Caixa Econômica Federal no dia 30 de agosto para o pagamento parcelado do Fundo de Garantia (FGTS) de todos os funcionários. Portanto, não há atraso já que o parcelamento foi formalizado antes do ajuizamento da ação”, diz nota oficial.

“Diante do fato de o FGTS do referido atleta não estar em atraso e, portanto, do entendimento de que as provas usadas por ele e que serviram de base para a concessão da liminar não foram completas, inclusive induzindo o juízo a erro, o Departamento Jurídico do Vasco vai recorrer da decisão”, completa o comunicado do clube, prometendo seguir brigando na Justiça. Com informações da ESPN.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias
 
Aplicativo da Rádio CM7