Futebol – Após a derrota por 2 a 0 para o Brasil na semifinal da Copa América, o elenco da Argentina manteve um só tom: reclamação por conta da arbitragem no Mineirão. Depois de o técnico Lionel Scaloni fazer críticas ao árbitro Roddy Zambrano por conta de lances polêmicos, o astro Messi endossou e lamentou que o VAR não tenha sido acionado durante a partida.

– Se cansaram de cobrar besteiras nesta Copa América, e hoje não foram nunca ao VAR. Incrível – criticou o camisa 10.
– Te dá bronca, fizemos um esforço grande, estamos jogando contra o Brasil, que tem grandes jogadores, está jogando em casa. Como disse, todas as faltas vão para eles, cartão para a gente, para eles não, jogadas claras que não foram ver no VAR. Nesta Copa, cansaram de marcar toques de mão bobos, pênaltis bobos, e hoje nem sequer foram ao VAR – completou.

O astro também apontou que a seleção brasileira “achou o gol”, fazendo elogios à atuação da Argentina durante o confronto.

– Assim, ainda quente pelo jogo é difícil, mas creio que foi a nossa melhor partida. Eles encontraram um gol numa jogada de lado, que marcamos mal, ele (Gabriel Jesus) termina definindo livre na área. Tentamos sempre, tivemos a bola, eles não nos pressionaram. O Brasil tem jogadores rápidos na frente e não conseguiram encaixar contra-ataques. Tivemos situações para marcar, mas não conseguimos. Tivemos finalizações na trave, aquela bola que atravessa toda a área… E os pênaltis que não marcaram para a gente – lamentou Messi.

O craque também se mostrou animado com a perspectiva para o futuro da Argentina:

– Lamentavelmente não deu, e tomara que se respeitem esses garotos, porque fizeram um trabalho enorme, um sacrifício muito grande, mostraram que amam a seleção de verdade. Que se respeitem. É um começo, esse é o futuro, podem ficar tranquilos que a Argentina vai continuar crescendo.

Fora da final da Copa América, Messi e a Argentina voltam a campo no próximo sábado, para a disputa do terceiro lugar contra o perdedor de Chile x Peru. O jogo será realizado na Arena Corinthians, em São Paulo. O camisa 10, agora, tem nove competições disputadas pela seleção e ainda busca seu primeiro título. Com informações do Globo Esporte.