Martín Silva vira debate no Vasco e tem permanência indefinida para 2019 - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 19:00
20 de Janeiro de 2019

Topo


Martín Silva vira debate no Vasco e tem permanência indefinida para 2019

Futebol – Ídolo do Vasco nos últimos anos, Martín Silva vive um momento diferente no clube. Os questionamentos da torcida chegaram à diretoria, que avalia o custo benefício do goleiro. A permanência do uruguaio em 2019 está indefinida.

Martín é considerado caro por parte da cúpula: ganha pouco mais do que o triplo de Fernando Miguel, que ganhou a posição de titular na partida contra o Palmeiras. O salário e a idade elevados (tem 35 anos) são pesados junto às atuações recentes.

Por isso, há uma sondagem no mercado em busca de outro goleiro para 2019. Não significa que a saída de Martín seja certa: o clube, por exemplo, recusou duas propostas recentemente, nas quais pediu um alto valor para liberá-lo. Mas não descarta negociá-lo caso chegue algo satisfatório – o contrato do uruguaio vai até dezembro de 2020.

Há outro componente a ser levado em consideração: o clube ainda tem uma dívida com Martín em relação aos direitos de imagem. Boa parte dos R$ 1,2 milhão já foi paga, mas resta um valor a ser quitado.

Martín viveu um ano de altos e baixos. Começou bem, ao garantir a classificação do Vasco para a fase de grupos da Libertadores, ao defender três pênaltis contra o Jorge Wilstermann. No Brasileiro, alternou boas atuações contra Bahia e Fluminense com falhas, como diante do Grêmio. Ao longo do ano, o goleiro teve quatro preparadores diferentes.

Fernando Miguel soube sexta que seria titular

Martín não foi relacionado para a partida contra o Palmeiras. Na última sexta-feira, ele sofreu uma pancada no joelho, chegou a se concentrar com o elenco, mas foi liberado para fazer tratamento intensivo no CT do Almirante. Sua presença é incerta diante do Ceará, na última rodada.

íDe qualquer forma, Martn perdeu a vaga para Fernando Miguel. O novo titular foi avisado na sexta-feira. Pesou a seu favor a boa atuação contra o São Paulo. Até então, ele substituía Martin, que estava com a seleção do Uruguai.

O novo status de Martin, aliás, pode ser verificado pelas datas Fifa. Nas duas últimas vezes em que foi convocado pela seleção, o goleiro retornou a tempo de jogar, mas o técnico Alberto Valentim não o relacionou. Foi assim contra Sport e São Paulo – em ambos os casos, o uruguaio estava disposto a atuar.

Em 2016, o Vasco chegou a fretar um avião para que o arqueiro enfrentasse o Flamengo pelo Campeonato Carioca. Martín teve grande atuação, com duas defesas em chutes de Guerrero – o jogo terminou empatado em 1 a 1.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA