Lucas Lima não joga mais pelo Santos. O camisa 10, cujo contrato se encerra no fim deste ano, foi afastado pela diretoria nesta terça-feira (21), após reunião no CT Rei Pelé. A decisão foi anunciada através de um comunicado oficial do clube.

A situação de Lucas Lima havia ficado insustentável no clube. Aos olhos da torcida, o meia foi um dos principais responsáveis pelos fracassos santistas na temporada. A equipe foi eliminada em todas as competições que disputou em 2017 e atualmente figura na quarta posição do Campeonato Brasileiro.

Na reunião, além de Lucas, estiveram presentes o presidente Modesto Roma Júnior, o vice César Conforti e o superintendente de futebol Dagoberto Fernando dos Santos.

Durante 2017, o Santos se esforçou para manter o atleta, que não se entusiasmou com a proposta de renovação de contrato oferecida. A novela se arrastou por meses, até que, nesta terça, a diretoria comunicou o fim de sua passagem pelo alvinegro.

Lucas Lima se despede do Santos mais cedo que o previsto. Seu contrato termina em dezembro, mas as más atuações e a pressão da torcida levaram a diretoria a antecipar o fim da trajetória do camisa 10 na Vila Belmiro. Mesmo fora dos planos, o meia seguirá treinando com a equipe pelas próximas duas semanas.

O jogador de 27 anos recebeu muitas críticas da torcida santista nesta temporada. Em sua última partida – derrota por 3 a 1 diante do Bahia, na última quinta-feira, em Salvador -, o meia recebeu seu 12º cartão amarelo no Brasileirão. Ele é o jogador mais advertido no torneio, ao lado do corintiano Romero.

Sua ausência no triunfo em cima do Grêmio, no domingo, foi a quarta dele por suspensão neste campeonato. A partida era também a última chance que Lucas teria de se despedir da Vila Belmiro. Ele está oficialmente cortado dos últimos compromissos santistas em 2017, contra Flamengo e Avaí.

No Santos desde 2014, Lucas Lima acumula 203 jogos e 19 gols com a camisa alvinegra. Livre no mercado, o destino mais provável do meia é o Palmeiras.

Com informações do R7