Fora de casa, Vasco vence Universidade de Chile e garante vaga na Sul-Americana - Portal CM7

Adsense Responsivo

Fora de casa, Vasco vence Universidade de Chile e garante vaga na Sul-Americana

23 de maio de 2018 0 por Marcus Barros

Fora de casa, Vasco vence Universidade de Chile e garante vaga na Sul-Americana

Foto Divulgação

Futebol – A eficiência foi a grande virtude do Vasco na vitória por 2 a 0 sobre a Universidad de chile, terça-feira, em Santiago, pela Libertadores. O time comandado pelo técnico Zé Ricardo soube suportar a pressão dos donos da casa, se defendeu bem, aproveitou as melhores chances que teve e conseguiu a classificação para a Sul-Americana.

Assim como no jogo contra o Flamengo, a zaga se portou bem. Breno teve uma boa atuação individual, bem posicionado e ganhando a maior parte dos duelos. Rafael Galhardo, embora não tenha sido uma peça efetiva no apoio, se virou bem contra o baixinho rápido e habilidoso Soteldo.

Wagner foi outro que teve participação boa, inclusive com desarmes importantes na hora de ajudar a defesa. O camisa 20 teve uma boa chance de marcar, mas a bola passou rente ao travessão.

Quebra de tabus a serem comemorados

Depois de dez jogos em sequência saindo atrás do placar, o Vasco, enfim, conseguiu marcar primeiro do que o adversário. Nas últimas 22 partidas o time não tinha conseguido vencer sem levar ao menos um gol. A última vez havia sido o 4 a 0 sobre o Jorge Wilstermann, dia 14 de fevereiro.

Martín Silva, que se despede do time para disputar a Copa do Mundo da Rússia, fez boas defesas e ajudou o Vasco a conseguir passar em branco.

Entradas de Riascos e Kelvin dão mais força ofensiva

Por causa das ausências de Wellington, Paulão, Evander e Gabriel Félix, afastados pela diretoria no jogo contra a La U, Zé Ricardo tinha poucas opções no banco de reservas. Riascos e Kelvin entraram nas vagas de Caio Monteiro, que teve uma atuação discreta, e ajudaram o time a aumentar a produção ofensiva e marcar o gol da classificação.

Quando o Vasco fez o 2 a 0, Zé Ricardo tirou Ríos e colocou Erazo para fortalecer a defesa, mas o equatoriano não teve muito tempo de mostrar serviço.

Globo Esporte